Casas de impressão 3D para comunidades pobres construídas em 24 horas

Casas de impressão 3D para comunidades pobres construídas em 24 horas 27Mai
Inovação

Para as famílias que vivem com menos de US $ 200 por mês, o acesso a moradias seguras que forneçam proteção contra os perigos ambientais e físicos é fundamental. As populações vulneráveis ​​são geralmente as últimas a se beneficiar da inovação. Designers, construtores e inovadores de tecnologia têm o potencial de trazer rapidez e escala sem precedentes para o projeto de residências que podem elevar a vida de algumas das populações mais pobres do mundo. A impressão 3D, em particular, oferece uma ferramenta nova e poderosa para realizar esse potencial e impulsionar essa missão.

O Fuseproject fez parceria com a New Story, uma organização sem fins lucrativos que trabalha na missão de acabar com a falta de moradia global e a ICON, uma empresa de tecnologia de construção dedicada a revolucionar a construção residencial para construir a primeira comunidade feita por impressão 3D em 24 horas. A proposta é oferecer este método inovador de construção residencial para famílias de baixa renda na América Latina que precisam de moradias acessíveis que se adaptem ao seu dia-a-dia.


Trabalhamos diretamente com as comunidades para as quais estávamos projetando para aprender mais sobre sua cultura e meio ambiente, a fim de garantir que estivéssemos fornecendo opções que respondam às suas necessidades de moradia de formas que se estendam além do design de uma única casa tradicional. Usamos a tecnologia 3D e as possibilidades de design únicas que ela permite fornecer soluções que abordam questões importantes relacionadas ao clima, estrutura familiar e o papel que as casas desempenham na criação de uma comunidade maior.

As casas podem ser configuradas para acomodar diferentes tamanhos de famílias e impressas em menos de um dia. A New Story diz que as casas serão mais acessíveis do que as casas padrão de baixo custo que atualmente se constrói no mundo em desenvolvimento, que custam cerca de US $ 7.000. A primeira vila será construída numa cidade desconhecida na América Latina, e a New Story financiará as residências e os moradores pagarão com empréstimos sem juros, dependendo de sua renda, com o dinheiro retornando a um fundo compartilhado para pagar outros recursos da comunidade.

 

Fonte: Stylo Urbano

Ligar

Diagnóstico