CASTING EMPONDERADO NO SPFW

No segundo dia do SPFW N42, aconteceu a estreia de destaque da LAB, marca de Emicida e Evandro Fióti, com direção criativa do designer João Pimenta. Com um discurso de transformação, a coleção apresentada abraça a causa de um capítulo de mudanças, novos tempos. Transformação é a palavra chave para os que estão a frente da marca, poder de evolução, novos protagonismos e inclusão. A mensagem foi bem clara ao apresentar um casting composto por uma mistura de corpos e cores, modelos exaltando a beleza negra e as diferenças.

Lab

O discurso apoiado na apresentação de estreia é falar sobre diversidade dentro do universo da marca. Diversidade em cores e shapes, bem com a inspiração que surge dos tecidos angolanos, desconstruídos e transformados em um visual global, moderno e não tão tradicional. As modelagens saem das ruas, com quimonos e moletons carregados de novas formas, com silhuetas amplas.

Lab

 

Algumas peças da coleção já estavam sendo comercializadas quando o desfile chegou ao fim, caminhando de acordo com a nova onda da moda, “see now, buy now”. As peças mais conceituais, como os quimonos, serão produzidos em pequena escala, por outro lado, as camisetas, bermudas, tênis e outras peças com conceito mais básico da marca já estão disponíveis no site de venda online da LAB.

O mundo é outro, o Brasil está mudando e construindo sua identidade, e a LAB começou neste pensamento, de construir essa mudança. Empoderamento, real life e inclusão vindas das ruas para uma estreia impactante na semana de moda mais importante do país. Confira desfile completo aqui.

 

 

VER TODOS OS POSTS

POSTS RELACIONADOS