Design e estratégia construindo novos rumos

Nova Serrana não carrega a sensação de novidade só no seu nome. Antes marcado pelas cópias e produtos de baixa qualidade, hoje o pólo calçadista carrega um potencial criativo e de crescimento através do design.

Victor Barbieratto é um dos  nomes por trás dessa revitalização. Em 2011, o designer foi à cidade mineira e envolveu-se em um projeto focado em estratégia e posicionamento de marca, atendendo mais de 100 empresas da região.

Recentemente, o consultor esteve mais uma vez na cidade, em uma conversa aberta ao público que contou com 40 empreendedores da cidade. Conversamos com ele sobre o que mudou nesse tempo e quais os novos desafios que Nova Serrana enfrenta.

 

Interna2

 

Quais as principais características de Nova Serrana dentro da produção calçadista?

Nova Serrana é o polo calçadista mais promissor do Brasil. Com o desenvolvimento de calçados esportivos, as empresas adquiriram know-how e treinamento de mão-de-obra que não é facilmente encontrado. Os problemas de produtos genéricos e fiscais atrapalharam muito a imagem do pólo, sendo muito mal visto pelos concorrentes, clientes e fornecedores.

 

Muitos clientes passaram a ser amigos. Quando isso ocorre, os resultados aparecem mais rapidamente

 

Até hoje encontramos empresas que não vendem para clientes de Nova Serrana somente pelo fato do histórico da cidade. Porém, com o passar do tempo, as fábricas ganharam marcas e identidade próprias, e a cada dia, temos mais produtos interessantes saindo de Nova Serrana. A longo prazo isso tende a crescer, com um número crescente de boas marcas neosseranenses e produtos espalhados por todo o mundo, com diferentes estéticos e de qualidade – não apenas o preço.

 

Com o tempo, surgiram novas demandas na região?

Com certeza. Comecei minha atuação no polo com projetos de produtos, mas hoje meu trabalho estratégico é muito mais procurado. Isso demonstra que a visão dos empresários de Nova Serrana está mudando: eles estão cada vez mais preocupados com o futuro de atuação de suas marcas, dando menor importância para o dia-a-dia da empresa. Isso é muito importante, pois esta visão macroscópica do mercado lhes permite planejar a médio e longo prazo a atuação de suas marcas.

 

Interna

 

Qual foi o maior impacto pessoal pra você ao trabalhar tão próximo das pessoas de Nova Serrana?

Não tem como não se apaixonar pelos mineiros. Sempre nos recebem de braços abertos e com o coração cheio de amor. Muitos clientes passaram a ser amigos e, quando isso ocorre, os resultados aparecem mais rapidamente. Num polo calçadista com inúmeras empresas e muitos aventureiros, a presença constante com as consultorias fizeram, nestes 5 anos, que me consolidasse como um designer sério e que busca o resultado para as empresas. A melhor propaganda, sempre, é o boca-a-boca. Empresas são feitas de pessoas, e este contato próximo com elas faz com que eu possa entender mais rapidamente seus anseios e necessidades, indicando-lhes o melhor caminho para os resultados.

 

Desenvolvida ao lado Sebrae e do Sindinova, a palestra de Victor Barbieratto focou em questões de inovação e design estratégico. O trabalho em Nova Serrana foi tão promissor que o IBB acaba de unir-se com oito empresas de Belo Horizonte, pensando um projeto de desenvolvimento e construção de marca aos moldes neoserranenses.

VER TODOS OS POSTS

POSTS RELACIONADOS