Entrevista: Vinci Shoes

A Vinci Shoes é uma marca de pensamento diferente. Sem estoque e sem uma coleção fixa, eles produzem seus sapatos de acordo com a demanda.

Vendidas online, as sapatilhas possuem numerações que vão além da grade tradicional — elas vão do 33 ao 41. Além disso, são produzidas com o couro dos curtumes da região Sul, onde a marca está localizada.

Unindo sustentabilidade a um novo comportamento de mercado, o resultado é um produto atemporal e duradouro. A visão pra chegar até lá? Quem mostra é Rodrigo Morsch, Diretor Comercial da marca.

 

interna1

 

Vocês não possuem uma coleção fixa ou lançamentos de acordo com a estação. Como isso funciona?

Aqui na Vinci não trabalhamos com estoque de produtos acabados, somente de matéria prima. Utilizamos em nossa produção o sistema “Just in Order”, produzindo as flats de acordo com os pedidos e encomendas de cada produto. Esse sistema permite com que ofereçamos todas as numerações, do 33 ao 41, em todos os produtos disponíveis em nosso site. Ou seja, não interessa o número que você calça, se estiver em nossa grade, temos a sua sapatilha. Para a produção de um produto demoramos em média 4 dias úteis, oferencendo opções de entrega em prazos de 7 ou 12 dias.

 

 

A escolha de um sapato tem relação direta com a personalidade de cada mulher

 

Não ter uma coleção fixa dá uma ideia de que vocês acreditam muito na atemporalidade dos produtos. Um produto de qualidade, de couro, feito para durar, deve ser atemporal?

Acreditamos em atemporalidade e imediatismo. Nossas consumidoras não querem esperar meses por uma nova coleção completa, e sim ter uma marca que está sempre em movimento, apresentando novidades sem esquecer dos seus clássicos e atemporais. Quando desenvolvemos nossos modelos, utilizamos dois formatos: um para produtos novos, que são tendências das estações e de diferentes movimentos ao redor do mundo; outro para produtos clássicos atemporais que entram para ficar e se renovam de uma forma mais lenta e orgânica.

 

interna5

 

De certa forma essa ideia vai muito ao encontro de um pensamento sustentável. Durabilidade significa que as pessoas vão comprar menos, descartar menos, e consumir menos, consequentemente. Isso é uma das preocupações da marca?

Nossos produtos passam por uma produção bastante artesanal e são feitos para durar. Acreditamos que “materiais melhores fazem sapatos melhores” e levamos esse pensamento ao pé da letra. Entendemos que isso é sim uma forma bastante válida de sustentabilidade. Em 2016 vamos lançar um projeto chamado “desapego”, onde nossas clientes vão poder utilizar a própria embalagem da Vinci para doar um sapato usado a uma das instituições cadastradas em nosso programa. A idéia da campanha é incentivar as pessoas a não descartar nossas embalagens, ajudando quem precisa, seja com uma Vinci usada ou com outro sapato que esteja em um bom estado.

 

interna4

 

O slogan de vocês é  “cada sapato conta uma história diferente”? Qual a importância desse pensamento na identidade da marca?

Na nossa opinião uma sapatilha tem o poder de fazer a mulher se sentir bem, se sentir confortável, mais leve e solta. A escolha de um sapato tem relação direta com a personalidade, com o humor e com a disponibilidade de cada mulher. Por isso acreditamos que cada uma conta uma história diferente. Estar com uma Vinci, na nossa visão, é estar bem e estar livre pra contar a sua própria história. Essa é a grande importância dessa frase.

 

VER TODOS OS POSTS

POSTS RELACIONADOS