Fashion Startups estão acelerando a inovação tecnológica

Fashion Startups estão acelerando a inovação tecnológica 13Mai
Inovação

Para a moda, a quarta revolução traz novas fibras, materiais, tecidos, técnicas de fabricação e comercialização, muitas vezes desenvolvidos por startups. Alguns desses novos tecidos terão computação incorporada em suas fibras a um nível microscópico.

Este tipo de tecnologia resultará em roupas que podem ajustar sua temperatura ou armazenar energia como uma bateria, como também tecidos e materiais sustentáveis feitos através de biotecnologia. A quarta revolução industrial poderia trazer muitas soluções para os problemas atuais da indústria da moda, por isso milhares de startups pelo mundo todo estão trabalhando para reimaginar a forma como a moda é projetada, feita, usada, reutilizada e comercializada.

De certa forma, as startups tecnológicas de moda já mudaram o relacionamento entre os consumidores e as marcas, e as formas de pensar sobre a moda. Como a inovação tecnológica continua a mudar o mundo da moda de diferentes maneiras, muitas startups mostraram potencial para perturbar nossos hábitos de compras e alterar a forma como produzimos, visualizamos e comercializamos moda.

Neste post vou apresentar algumas das tecnologias utilizadas por startups para dinamizar o varejo de moda. Outras tecnologias estão sendo desenvolvidas pelas startups para criar uma indústria da moda circular.

Indústria da moda e os consumidores das gerações Y e Z

Durante décadas, a indústria da moda foi mais lenta do que outras indústrias para adotar novas tecnologias. No entanto, as startups estão dando o próximo passo criando novas tecnologias e serviços digitais que atendam às necessidades das lojas físicas e online. Os tablets e smartphones são os acessórios mais utilizados pelas gerações Y e Z, e que promoveram uma grande transformação na experiência de varejo com a combinação de e-Commerce, m-Commerce e interações na loja. Nos próximos anos veremos uma grande mudança nesta indústria com soluções e serviços criados por startups de tecnologia que perturbarão a indústria da moda como nunca antes.

Serviços baseados em tecnologia para as startups de moda

Hoje, a tecnologia ajuda a gerar inspiração e desejos nos clientes, orientando-os em suas compras. É a tecnologia que está ajudando a determinar quais tipos de roupas e acessórios poderão ser usados em ocasiões específicas e obter feedback. A seguir estão algumas das tecnologias (tem mais) utilizadas por diversas startups para revolucionar a moda.

Pesquisa Visual – uma imagem vale mais do que mil palavras

As marcas de varejo introduziram a pesquisa visual em seus aplicativos como uma novidade na tecnologia. A pesquisa visual efetivamente utiliza parâmetros como forma, tamanho e cor para localizar produtos específicos e notificar os clientes da disponibilidade online ou numa loja de moda física.

Este método de pesquisa é certamente melhor do que as buscas tradicionais baseadas em texto, uma vez que a dependência não está mais no entendimento do mecanismo de pesquisa sobre a descrição do produto. A pesquisa visual movida por inteligência artificial está gerando grandes retornos de investimento, e continuará a desempenhar um papel fundamental nas inovações tecnológicas no setor da moda.

Assistentes Digitais, Inteligência Artificial e Analytics

Em breve, os usuários aproveitarão os benefícios dos assistentes digitais que servem como consultores de moda pessoais. O Analytics habilita a tecnologia para verificar o calendário do usuário e criar recomendações personalizadas com base na ocasião. Hoje, as empresas envolvidas com a indústria da moda se afastaram da análise simples para adotar Inteligência Artificial, que utilizam técnicas de aprendizado visual e profundo. Isso permite que os varejistas de moda estudem os gostos dos usuários, preferências de moda e níveis de conforto com base em dados demográficos, geografia e tamanho para fornecer recomendações com base em dados do cliente, humor e ocasião.

Dimensionamento Inteligente

O conceito de “ajuste perfeito” é o diferencial das marcas de moda personalizada e tecnologia ajuda a concluir isso de forma mais eficaz. Os scanners corporais, os softwares que ajudam a comparar tamanhos de diferentes marcas e os provadores virtuais são apenas algumas das formas inovadoras que os varejistas da moda oferecem seus serviços e produtos aos consumidores, cujas tecnologias foram desenvolvidas por startups. Como as taxas de conversão da compra de vestuário são relativamente baixas, este é um conceito de última geração para impulsionar o engajamento do cliente e oferece experiências modernas ao cliente.

 

Fonte: Antextil

Ligar

Diagnóstico