H & M é o maior investidor em inovação tecnológica sustentável na moda

H & M é o maior investidor em inovação tecnológica sustentável na moda 30Ago
Moda

A rede de moda sueca H&M é uma das investidoras da startup finlandesa infinited Fiber Company (IFC), especializada na produção de fibras de celulose recicladas. A tecnologia desenvolvida pela IFC possibilita a conversão de artigos que contêm celulose, como tecidos, papelão ou resíduos vegetais, em uma fibra natural. Atualmente, a empresa possui uma fábrica na Finlândia com capacidade para converter até 50 toneladas e planeja aumentá-la para 500 toneladas.

Uma vez reciclada, a fibra pode ser usada na indústria têxtil para a produção de denim, camisetas, suéteres, roupas de cama e não tecidos. A fibra resultante mantém uma aparência natural, é macia ao toque, anti-bacteriológica, biodegradável e durável, além de exigir menor quantidade de produtos químicos e água para a coloração.

A H & M continua investindo em startups que desenvolvem novos materiais sustentáveis. Através de seu braço de investimentos H & M Co: Lab, a empresa entrou no capital de duas outras startups que estão avançando nessa área. Uma delas é a Moral Fiber, ganhadora do Global Change Award (premiado pela H & M) em 2016, especializada em reciclagem química de tecidos de poliéster. O outro é o Colorfix, pioneiro no desenvolvimento de um processo de tingimento biológico industrial e escalável.

Através do Co: Lab, a H & M também possui participações em empresas como Worn Again, Re: newcell, TreeToTextile ou Thread, entre outras. Nessa linha, o grupo continuou avançando na reciclagem e no sistema circular. A H & M é a segunda maior rede de fast fashion do mundo e constantemente é alvo de críticas na mídia por vender roupas descartáveis, mas por outro lado, é a empresa que mais investe em inovação tecnológica sustentável na industria da moda.

Fonte: Stylo Urbano

Ligar

Diagnóstico