O que sustentabilidade tem a ver com inovação

Entenda o conceito de inovação e a transversalização do tema sustentabilidade para os pequenos negócios e saiba como ser lucrativo e competitivo com isso.

 

Empresa sustentável
Uma empresa inovadora e sustentável não é aquela que introduz novidades de qualquer tipo, mas que desenvolve ou adota processos de produção, serviços ou métodos de gestão ou de negócio que são novos para a organização e que resultam, ao longo do seu ciclo de vida, em resultados positivos para a sociedade e o meio ambiente, como reduções de riscos ambientais, poluição e outros impactos negativos do uso de recursos.

Ela deve, simultaneamente, ser eficiente em termos econômicos, respeitar a capacidade de suporte do meio ambiente e ser instrumento de justiça social, promovendo a inclusão social.

Ou seja, a relação entre inovação e sustentabilidade pode ser entendida como sendo aquela que cria valor agregado sem comprometer o equilíbrio entre os aspectos econômico, ambiental e social das empresas, fortalecendo a sua competitividade, lucratividade e sobrevivência.

Isso significa que apenas “inovar constantemente” não é mais o suficiente; para manter-se competitivo no mercado ao longo do tempo, é preciso inovar considerando o tripé da sustentabilidade:

Dimensão social: preocupação com os impactos sociais das inovações, dentro e fora da organização (desemprego, exclusão social, pobreza, diversidade organizacional etc.).
Dimensão ambiental: preocupação com os impactos ambientais pelo uso de recursos naturais, redução das emissões de poluentes, inclusão de processos de ecoeficiência (uso de energia, água e gerenciamento de resíduos sólidos).
Dimensão econômica: preocupação com a eficiência econômica, prosperidade, lucro e geração de vantagens competitivas nos mercados onde atuam, sem as quais elas não se perpetuariam.

Gestão ambiental
Mais competitividade e prosperidade são resultados de um processo de diferenciação proporcionado por vários fatores, em especial, pela adoção da sustentabilidade como eixo referencial de uma empresa na atualidade.

Ao introduzir essa vertente na rotina da gestão, pequenos negócios também se reposicionam na sua relação com consumidores, clientes, fornecedores, colaboradores e com a sociedade em geral, que passam a ter uma percepção de mais confiança e credibilidade nos produtos e serviços que oferecem.

Veja no infográfico abaixo (clique aqui para baixá-lo) como a introdução de uma gestão ambiental pode minimizar impactos no meio em que uma empresa opera e ao mesmo tempo desenvolver atividades lucrativas, com alto valor social e utilizando de maneira racional os recursos naturais, como água, energia e resíduos. Compreenda também ser inovador fazendo a gestão ambiental na sua empresa.

CSS
Atento à importância estratégica da sustentabilidade na gestão dos pequenos negócios, o Sebrae inseriu esse eixo temático na sua missão, sua visão e nos seus valores.

Para disponibilizar conhecimento de forma prática aos pequenos negócios, constituiu o Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS), em Cuiabá/MT, que visa também a sistematizar e disseminar soluções e práticas inovadoras e sustentáveis, aplicáveis a esses empreendimentos, de maneira que possam ser inovadores.

Quer saber mais?
Acesse o site do Centro Sebrae de Sustentabilidade e tenha acesso a diversas publicações. São vídeos, cartilhas, infográficos e modelos de negócios que vão ajudar a sua empresa a ser mais sustentável e rentável.

 

Fonte: SEBRAE

VER TODOS OS POSTS

POSTS RELACIONADOS