Os “Crescentes” Calçados Biodegradáveis de Algodão + Milho da Reebok

A marca de ginástica Reebok lançou a sua iniciativa de produtos sustentáveis de “Algodão +Milho”, que irá trazer calçados com base em plantas para o mercado ainda esse ano.

O último esforço dentre um crescente número de empresas parceiras, startups e inovações em manufatura e materiais focados em limpar a indústria de calçados que hoje é altamente poluente e gera muito desperdício. Algodão + Milho é uma iniciativa desenvolvida pelo time Reebok Future que busca criar calçados “a partir de coisas que crescem.” O primeiro lançamento será de um produto que tem um ajuste superior de algodão orgânico originado de milho industrialmente cultivado (não um produto comestível).

“Isso realmente é somente o primeiro passo para nós,” disse Bill McInnis, Diretor da Reebok Future. “Com Algodão + Milho nós estamos focados em todas as três fases do ciclo de vida do produto.” Primeiro, no desenvolvimento do produto, nós estamos usando materiais que são cultivados e podem ser reabastecidos, ao invés de materiais com base em petróleo comumente usados hoje. Em segundo, quando o produto chega no mercado, nós sabemos que o nosso consumidor não quer sacrificar a forma de como nossos tênis são e seu desempenho. Finalmente, nós nos preocupamos com o que acontece com os calçados quando as pessoas não os querem mais. Então, nós nos focamos em materiais baseados em plantas, como o milho e o algodão, no início do processo e na biodegradação no final.

“No final, o nosso objetivo é criar uma seleção mais ampla de calçados de composição biológica que são biodegradáveis após o uso,” McInnis continuou. “Nós então usaremos esse composto como parte do solo para plantar os materiais para a próxima variedade de calçados. Nós queremos levar o ciclo inteiro em consideração; pensar do pó ao pó.”

Para a iniciativa Algodão + Milho a Reebok fez parceria com a DuPonto Tate & Lyle Bio Products, a fabricante líder em soluções de alta-performance com base biológica. DuPonto Tate & Lyle desenvolveu o propanediol Susterra® – um produto com base biológica puro, livre de petróleo, não tóxico e com 100% de certificação USDA, derivado de milho de plantio. O propanediol Susterra® é usado para criar a sola dos calçados Algodão + Milho.

“A filosofia da Reebok é ‘Ser Mais Humano’ e sustentabilidade é uma parte central dessa crença. Como seres humanos nós temos a responsabilidade de deixar esse planeta da mesma forma que o encontramos para as gerações futuras,” disse o presidente da Reebok Matt O’Toole. “Infelizmente a realidade é que a maior parte dos calçados vão parar em lixões, o que é algo que nós estamos tentando mudar. Como uma marca, nós vamos focar em sustentabilidade com o programa Algodão + Milho assim como com outras iniciativas que temos em andamento.”

O time Reebok Future é o departamento de inovação da Reebok dedicado para criação de novas tecnologias, ideias, técnicas e protótipos.

“A Reebok tem uma longa história de inovação e de ser uma empresa socialmente responsável,” O’Toole disse. “O time Reebok Future foi criado para inovar não somente os produtos que fazemos, mas também o processo pelo qual fazemos eles. Algodão + Milho é outro grande exemplo disso e um que pode ter um impacto positivo a longo prazo no mundo.”

 

Traduzido de: Sustainable Brands 

VER TODOS OS POSTS

POSTS RELACIONADOS