Projeto de Melhoria e Inovação para Elos de Materiais realiza encontro

Aconteceu no dia 02 de outubro mais um encontro com empresas de componentes para calçados que fazem parte do Projeto de Melhoria e Inovação para Elos de Materiais. A iniciativa é do Instituto By Brasil em parceira com o Sebrae RS e a Assintecal. O projeto, que teve início em junho e segue até dezembro, busca a inovação pela cocriação e compartilhamento de informações e da melhoria de falhas de atendimento na indústria calçadista, trabalhando com a interdependência entre esses elos.

Através de um grupo de empresas de componentes e calçados, o projeto propõe a busca de iniciativas contínuas de melhoria no processo produtivo, atendendo as demandas de seus clientes calçadistas e que todos tenham cada vez mais forte a cultura de inovação em todos os seus projetos.

Já foram trabalhadas com as empresas as oficinas de Empatia, com o objetivo de sensibilizar os participantes para a importância de uma abordagem colaborativa em relação à inovação. Seguido de um encontro com as empresas calçadistas para apresentação da pesquisa e desenvolvimento de indicadores dos atributos para fornecimento de materiais no mercado da moda.

A terceira ação, que aconteceu no dia 02, um encontro com as empresas de componentes para calçados participantes do projeto para apresentação da pesquisa e desenvolvimento de indicadores dos atributos para fornecimento de materiais no mercado da moda, apresentação dos “gaps” que estão sendo trabalhados em cada empresa e cases do projeto.

A quarta ação do projeto está programada para novembro e tratará de uma Rodada de Negócios, onde o objetivo é criar uma interação entre as empresas de componentes e as empresas calçadistas participantes do projeto. Com o intuito de gerar negócios, o encontro contará com um espaço onde as empresas terão a oportunidade de conhecer novos fornecedores.

Ao termino da consultoria será entregue um relatório final com as etapas conclusivas do trabalho, suas principais entregas e pontos a serem trabalhados posteriormente que por ventura não foram contemplados nas matrizes de priorização. Este relatório apresentará com clareza e objetividade a análise realizada e as recomendações necessárias à melhoria do sistema de produção. O relatório também apresentará os recursos que a empresa deve buscar para a aplicação das medidas propostas, bem como os riscos envolvidos e as condições que o cliente precisa criar e manter para a implementação das soluções inovadoras.

As inovações propostas pelo time do projeto poderão ser distribuídas nos quatro tipos descritos de inovação contidos no Manual de Oslo: Inovação de Produto, Inovação de Processo, Inovação de Marketing, ou Inovação Organizacional.

 

VER TODOS OS POSTS

POSTS RELACIONADOS