Realidade aumentada permite experimentar sapatos antes de fazer uma compra

Realidade aumentada permite experimentar sapatos antes de fazer uma compra 10Jun
Inovação

Em uma missão para facilitar as compras online, a Wannaby, uma empresa de comércio de realidade aumentada /RA, fez manchetes no início de 2019 com sua plataforma RA. Com uma visão de computador de última geração e renderização, a tecnologia da Wannaby permitia que os consumidores experimentassem sapatos, joias e cor de esmaltes antes de fazer uma compra.

A experiência de compra da plataforma vem com grandes vantagens para os varejistas e e-commerce. As lojas online provavelmente terão maiores conversões e taxas de retorno reduzidas quando permitirem que seus clientes visualizem os produtos na vida real. Aqueles com lojas físicas se beneficiarão da melhoria da imagem da marca, da conscientização e do reconhecimento e do aumento do envolvimento do cliente.

Tecnicamente, a tecnologia pode rastrear as mãos e o corpo do usuário. Pode renderizar objetos complexos em vários ambientes, enquanto transfere cores, textura e iluminação. Quando se trata de tornar a experiência RA do usuário mais realista, a Wannaby encontrou uma maneira de executar redes neurais em tempo real em dispositivos móveis, aprimorando o desempenho do algoritmo para a percepção humana e aproveitando conjuntos de dados exclusivos feitos a mão.

Colocando sua tecnologia RA nas mãos dos consumidores, a Wannaby apresentou os projetos Wanna Kicks, que dá aos usuários a oportunidade de comprar calçados em realidade aumentada. Outro projeto é o Wanna Nails. Dá-lhe a oportunidade de experimentar em suas unhas diversas cores de esmalte.

Por último, há jóias. Eles criaram uma maneira da RA mudar radicalmente as interações entre produto e usuário, permitindo que o cliente desenvolva um senso mais profundo de conexão com uma marca, testando virtualmente. Com seus projetos provando que a RA pode se tornar uma norma de compras, como você pode não ficar empolgado?

 

Fonte: Stylo Urbano

Ligar

Diagnóstico