Setor têxtil brasileiro ganha a primeira impressora 3D multimateriais

Setor têxtil brasileiro ganha a primeira impressora 3D multimateriais 18Fev
Inovação

Chegou ao setor de moda e confecção brasileira a primeira impressora 3D para impressão em até seis tipos diferentes de materiais e cores variadas. A impressora full color multimateriais PolyJet J750, da Stratasys, é capaz de produzir protótipos com aspecto de produtos acabados. O SENAI CETIQT, proprietário do equipamento, passará a disponibilizar a impressora a partir de fevereiro para utilização de empresários do setor.

 

“Adquirir esse equipamento parte da necessidade de introduzir e disseminar tecnologias disruptivas, de maneira acessível, complementando os processos de criação e desenvolvimento do setor têxtil e de confecção”, afirma Fabian Diniz, gerente do Instituto Senai de Tecnologia, do SENAI CETIQT, no Rio de Janeiro.

 

A impressora é o que há de mais moderno em impressão 3D e faz parte do maquinário oferecido às empresas no Fashion Lab, espaço colaborativo inaugurado recentemente pelo SENAI CETIQT, para experimentação de tecnologias inovadoras.

 

“A parceria com o SENAI CETIQT é uma excelente oportunidade de incentivo à adoção das tecnologias da Indústria 4.0 e da impressão 3D. As funcionalidades da PolyJet J750 permitem aos usuários desenvolver projetos mais rapidamente, com menor custo e maior precisão”, explica Anderson Soares, Territory Manager da Stratasys no Brasil, que fez do Fashion Lab um Demo Center da empresa no país.

 

Fabian Diniz acredita que a nova impressora será a protagonista do espaço de prototipagem do Fashion Lab “Com este equipamento, esperamos oferecer para a indústria soluções diferenciadas de tecnologia. A impressora 3D também servirá como instrumento para pesquisa e desenvolvimento de soluções em programação de materiais. Além disso, vai apoiar o desenvolvimento de projetos, editais e soluções para atendimento de empresas âncora do laboratório”, conclui Diniz.

 

Ligar

Diagnóstico