Startup Tandem Repeat cria revestimento têxtil autorreparador feito de genes de lula

Roupas gastas e danificadas muitas vezes são jogadas fora, em vez de serem consertadas. Isso leva a enormes quantidades de resíduos têxteis. E se a sua camiseta ou vestido pudesse se autorreparar e prolongar seu ciclo de vida? Esta é a inovação criada pela startup Tandem Repeat, que encontrou características de auto-cura nos genes da lula. Através de um processo ecológico e de baixo custo, surge um material biodegradável e 100% reciclável.

O Tandem Repeat é um revestimento têxtil autorreparador e biodegradável pensado para minimizar a poluição causado pelos tecidos sintéticos. O revestimento, quando aplicado a um tecido, aumenta a sua vida útil e integridade. É fabricada a partir da proteína nos anéis de dentes dos tentáculos das lulas e é completamente natural. A proteína é dissolvida num ácido ou num solvente orgânico e aplicada nos têxteis através de spray ou de um processo de imersão no revestimento. Estudos iniciais mostram que a libertação de microfibras pode ser evitada com a aplicação deste revestimento no têxtil.

Esta tecnologia revolucionária permite que os materiais se reparem e, assim, melhorem sua vida útil. Como uma boa alternativa às fibras sintéticas, como o elastano, este material forte e elástico pode ser processado na forma de líquido, pó ou fibra, bem como moldado ou tecido, e é extremamente durável.

Os tecidos criados a partir dessas fibras são os únicos que têm a capacidade de se auto-curar, criando assim produtos com ciclos de vida mais longos e minimizando a poluição ambiental. Nos próximos anos, a Tandem Repeat deseja escalar seu conceito de autocura, reduzir o custo de produção e alcançar a indústria têxtil com sua inovação.

 

Fonte: Stylo Urbano

VER TODOS OS POSTS

POSTS RELACIONADOS